Tuesday, Dec. 12, 2017

Loading...

Alcino assumiu a gestão de todos os recursos para a saúde na região sudoeste de Mato Grosso

Escrito por:

|

3 de dezembro de 2017

|

Postado em:

Alcino assumiu a gestão de todos os recursos para a saúde na região sudoeste de Mato Grosso

Para Pontes e Lacerda foi um ótimo negócio. Pelo menos aparentemente. O prefeito de Pontes e Lacerda decidiu assumir a gestão plena da saúde na regional sudoeste do Estado. O documento que dá plenos poderes a Alcino já foi assinado, aprovado pela Comissão Interpartite regional – CIR, que reúne secretários municipais de saúde – e pela CIB – Comissão formada por representantes dos governos municipais e estadual.  Tudo foi homologado pelo Conselho Municipal de Saúde.

Agora Alcino Barcellos gerencia todos os recursos destinados à saúde, principalmente ao que diz respeito ao chamado MAC (média e alta complexidade). As verbas federais referentes a AIHs (Autorizações para internações hospitalares) inclusive de municípios da região são administradas pelo prefeito de Pontes e Lacerda.

Além disso, Barcellos é o presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde, que reúne os municípios da região. Ele também recebe os recursos do Governo do Estado e repassa para o Hospital da Santa Casa.

Tanto poder concentrado em um só gestor dá a oportunidade de cumprir as promessas de campanha na área da saúde.

Alcino terá a oportunidade de convencer os prefeitos da região a contribuírem com a Santa Casa, poderá colocar a UPA para funcionar (dinheiro para aquisição de equipamentos está na conta da Prefeitura), otimizar as altas verbas administradas pelo Consórcio Intermunicipal, adequar os recursos para o Pronto Atendimento que estão defasados em quase um milhão e meio de reais por ano e buscar aumentar o valor dos repasses do governo do Estado atualmente reduzidos a apenas R$ 320 mil mensais para 2018.

Barcellos poderá também pagar os R$ 400 mil devidos ao Hospital pela cessão do terreno onde foi construído a UPA, dívida que se arrasta desde  a gestão Donizete Barbosa. Esse valor servirá para a Santa Casa honrar acordos trabalhistas.

Com o poder da “caneta na mão” e com dinheiro- sonho de todo administrador – o prefeito de Pontes e Lacerda poderá, em curto espaço de tempo – fazer uma revolução da qualidade do atendimento à saúde na nossa região.

Só não faz se não quiser. Ou se não tiver competência.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Eleição para nova diretoria da Santa Casa será nesta quarta
Alcino vai à Câmara nesta segunda-feira insistir que não criou a Taxa de coleta de lixo
A responsabilidade institucional dos vereadores e a taxa de coleta de lixo

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

12 de December de 2017

Clear all