Saturday, Feb. 17, 2018

Loading...

Defron deflagra operação “Parceiro” contra organização criminosa de tráfico de drogas

Escrito por:

|

6 de Fevereiro de 2018

|

Postado em:

Defron deflagra operação “Parceiro” contra organização criminosa de tráfico de drogas

A Delegacia Especial de Fronteira (Defron) em operação conjunta com o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) deflagrou na segunda-feira (05) a operação “Parceiro”, onde foram cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão domiciliar na cidade de Mirassol D’Oeste.

A ação contou com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Judiciária Civil, Delegacia Regional de Cáceres e Delegacia de Mirassol.

Foram cumpridos 07 Mandados de Prisão Preventiva e 08 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar no município onde se concentrava a organização criminosa, cujo chefe era um reeducando da Cadeia Pública da cidade.

As investigações apontavam que de dentro da unidade prisional, Adriano Moraes da Silva, conhecido popularmente como “Grande”, comandava o esquema de tráfico de drogas, tendo como apoiadores a esposa e outros membros.

A esposa do suspeito era o braço direito das ações criminosas de seu companheiro e também foi presa na operação. Ela levava aos comparsas cartas escritas por ele de dentro da cadeia, apontando as “diretrizes” das atividades ilícitas a serem desenvolvidas.

Apreensão                                

Durante período de investigação foram apreendidos em junho de 2017 aproximadamente 64 quilos de pasta base de cocaína, 05 veículos, presos 03 adultos e uma adolescente apreendida. A droga teria como destino os Estados de Goiás, Bahia e Minas Gerais. Duas das apreensões ocorreram na cidade de Rondonópolis e outra em Uberlândia, Minas Gerais.

No cumprimento das buscas na segunda-feira (05) foram apreendidos na residência dos suspeitos caixas de cigarros, botijões de gás e óleo diesel armazenados. Também foi apreendido um revólver calibre 38 com 06 munições intactas.

Os presos foram encaminhados para Cadeia Pública local, onde responderão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, entre outros.

A delegada titular da Defron, Cinthia Gomes da Rocha Cupido, parabenizou a ação conjunta das forças de Segurança Pública. “Um ótimo trabalho desenvolvido pelos Núcleos de Inteligência da Defron e Gefron. A integração possibilitou juntar provas, identificar e prender os membros da organização criminosa, retirando das ruas pessoas nocivas ao convívio social”, destaca.

O nome da Operação faz referência ao fato de que o chefe da organização criminosa, atualmente preso na Cadeia Pública de Mirassol D´Oeste, utilizar-se constantemente da expressão “Parceiro” para se dirigir aos comparsas/colaboradores durante o período de monitoramento.

Fonte/Gefron

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Mãe mostra mochila da filha em mídia social de compra e venda para protestar contra falta de vagas em creche de PL
Sefaz disponibiliza Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional
Idosa de 80 anos com hemorragia demora ser atendida na Santa Casa e vira caso de polícia

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

17 de February de 2018

Clear all