Saturday, Jan. 20, 2018

Loading...

Municípios da região terão Dia de Natal. Em Pontes e Lacerda será feriado de 25 de dezembro

Escrito por:

|

22 de dezembro de 2017

|

Postado em:

Municípios da região terão Dia de Natal. Em Pontes e Lacerda será feriado de 25 de dezembro

O nascimento de Jesus em uma estrebaria, por si só, demonstra que entre as prioridades do Filho de Deus nunca foi a ostentação. A verdadeira intenção de lembrar anualmente quando Cristo nasceu é para mostrar ao mundo – aos crentes e ateus – o verdadeiro sentido do Natal, o cumprimento da promessa divina de que haveria de surgir na Galiléia o salvador dos homens, o maior símbolo da humildade e simplicidade.

Por isso que as praças públicas e ruas são iluminadas, as lojas são lindamente decoradas e muitas residências são preparadas para essa demonstração de religiosidade. Pouco importa se de forma simples ou ricamente ornamentadas.

Investir no espírito natalino é demonstrar que, acima de bens e dinheiro, está a fé e a esperança renovada num mundo melhor. É convocar a população para reflexão e renovar o espírito de fraternidade.

Fazer o melhor que pode – como a viúva que com apenas uma moeda deu a maior oferta – tem tudo a ver com sentimento, com pureza de alma. É como o desejo de um pai desempregado que – inobstante a falta de dinheiro- procura de todas as maneiras conseguir presentes, por mais modestos que sejam, para dar aos filhos. Sempre vale mais a intenção.

A crise financeira que assola o país atinge naturalmente o poder público não deve servir de justificativa para reduzir o sentido espiritual do Natal ao mesmo significado  do carnaval, aniversário de cidade e outros feriados profanos.

Fazer o que pode é demonstrar claramente o quanto é importante a data de comemoração. “Se não posso fazer bem feito, não faço ” é o maior escarneo dito por um administrador público, quando se recusa de forma imperialista a investir alguns tostões para deixar a cidade mais bela é induzir a população a pensar no Salvador, o Cristo.

A prova disso é percorrer os municípios da região – todos enfrentando problemas financeiros e com capacidade econômica  bem inferior ao de Pontes e Lacerda. Lá as noites brilham, as famílias passeiam nas praças, o comércio vende mais, e todos lembram que há mais de dois mil anos nasceu Aquele que deu novo alento e esperança para a humanidade.

Em Pontes e Lacerda o prefeito decidiu transformar o Natal num simples feriado, como carnaval, dia de finados. Não quis sequer gastar os R$ 28 mil autorizados pela Câmara  de Vereadores para decorar a Praça Miguel  Gajardoni. Nada fez porque não quis. Em plena crise gastou R$ 400 mil em uma noite na Expoeste. De outra feita “bancou” a etapa do Campeonato de Motocross.

Para aqueles que acreditam que o mundo é muito mais que dinheiro, bens materiais, máquinas para consertar estradas, economizar R$ 5 milhões em um ano, a alternativa   é aproveitar o feriado de  25 de dezembro em Pontes e Lacerda e visitar os municípios vizinhos e vivenciar com a família. Lá não será só  um feriado, mas o Dia de Natal.

Para os que acreditam que o nascimento de Jesus não se resume a um simples feriado, Boas Festas.

E para os que não acreditam, também.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Dinheiro do Leilão Solidário pode ajudar a salvar a Santa Casa
Enquanto alguns empresários esperam a crise passar, outros buscam oportunidades
Indicadores financeiros da ACEPL confirmam os sinais de reaquecimento da economia em Pontes e Lacerda

(1) Reader Comment

  1. ademir henares
    26 de dezembro de 2017 at 10:32

    concordo plenamente ,

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 de January de 2018

Clear all