Tuesday, Dec. 12, 2017

Loading...

Vila Iguaçú: servidor suspeito de cometer irregularidades em emissão de ordens de despejo é inocentado pelo prefeito Alcino

Escrito por:

|

16 de junho de 2017

|

Postado em:

Vila Iguaçú: servidor suspeito de cometer irregularidades em emissão de ordens de despejo é inocentado pelo prefeito Alcino

O procurador do município de Pontes e Lacerda, I. L. da S., que emitiu as ordens de despejo para 40 famílias do bairro Vila Iguaçú, foi inocentado pelo prefeito Alcino Barcelos em um processo administrativo. A decisão da sindicância foi publicada no diário oficial do dia 13 de junho.

O resultado final do processo admite que o servidor não determinou a retirada das famílias, mas participou ativamente da tomada de decisão para que as notificações fossem realizadas.

O documento final do processo não determina nenhuma penalização ao servidor e pede o arquivamento do processo.

Vale lembrar que as ordens de despejos foram canceladas em um decreto municipal no mês de fevereiro deste ano.

Nada foi comentado sobre o constrangimento e o abalo moral que as 40 famílias sofreram ao receberem, indevidamente, as notificações de despejo.

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Iniciativa da Câmara impõe condições para implementação da taxa de coleta de lixo
Ciclista perde o controle e cai de cima de uma ponte no Parque Santa Cruz
PRF prende homem que seguia de Pontes e Lacerda para Cuiabá com drogas

(1) Reader Comment

  1. Vergonha
    18 de junho de 2017 at 14:15

    "constrangimento e o abalo moral que as 40 famílias sofreram ao receberem, indevidamente, as notificações de despejo" Eu disse em um comentário na época. Que cada morador notificado procure a justiça. Pena que a prefeitura é quem deverá pagar as indenizações. Quanto ao Alcino ou sei lá quem inocentar o servidor, é visível que ao culpá-lo seria declaração de culpa e incompetência da Prefeitura e do seu gestor.

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

12 de December de 2017

Clear all