Saturday, Jan. 20, 2018

Loading...

Sindicato Rural de Vila Bela se queixa de fiscais do Indea na fronteira com a Bolivia

Escrito por:

|

10 de novembro de 2017

|

Postado em:

Sindicato Rural de Vila Bela se queixa de fiscais do Indea na fronteira com a Bolivia

Atendendo ao convite da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (INDEA-MT), Guilherme Nolasco participou de uma reunião com produtores rurais de Cáceres e Vila Bela da Santíssima Trindade para tratar da fiscalização sanitária nas faixas de fronteira e a campanha especial de pré-vacinação contra a febre-aftosa. O encontro aconteceu no final da semana passada, no Edifício Famato com a participação do presidente da Federação Normando Corral e do diretor Antônio Carlos Carvalho de Sousa.

De acordo com os presidentes dos Sindicatos Rurais de Cáceres Jeremias Pereira Leite e de Vila Bela da Santíssima Trindade, José Teixeira, foi traçada uma estratégia especial nas fronteiras para controlar a entrada e saída de animais e ainda fomentar a importância da vacinação contra a febre aftosa.

A principal reclamação dos produtores está relacionada ao despreparo dos fiscais que atuam nas faixas de fronteira. “Estamos com uma estratégia especial na fronteira, acompanhando todos os embarques e desembarques de animais juntamente com os fiscais do Indea, porém por falta de preparo de alguns servidores do órgão essa fiscalização tem sido feita de maneira truculenta”, contou o presidente do sindicato de Cáceres Jeremias Leite.

Outro ponto discutido foram as dificuldades no transporte dos animais. “Os animais são transportados sem hora para chegar no destino, já que dependem da infraestrutura de pontes e estradas. E acabam chegando fora do horário nos postos de fiscalização e é nesses casos que somos mal interpretados pelos fiscais. Queremos alinhar com o presidente do Indea para que haja compreensão dos servidores nesses casos. Pedimos que haja respeito e bom senso para que a nossa parceria tenha bom êxito, já que estamos trabalhando pelo mesmo objetivo, em prol da saúde animal”, disse o presidente do sindicato rural de Vila Bela José Teixeira.  

De acordo com Antônio Carlos o trabalho de vigilância sanitária precisa ser implementado e as ações intensificadas. “O trabalho de vigilância são muito importantes, visto que no mundo todos os casos de infestação da doença aconteceram em faixas de fronteira. Por isso precisamos intensificar as ações nas faixas de fronteira. E pedimos aos produtores que em caso de dúvidas entrem em contato com a Famato, com os sindicatos rurais mais próximos e o próprio INDEA-MT”, disse Antônio Carlos.

A Famato assumiu o compromisso de estabelecer um canal de comunicação entre os produtores rurais, os sindicatos rurais e o Indea. “Todas as demandas serão concentradas na Comissão de Pecuária da Famato, através do analista de pecuária da entidade Marcos de Carvalho, que ficará responsável em fazer a ponte com a coordenação de vigilância animal do Indea nivelando todas as questões”, explicou o presidenteT Normando Corral que se colocou à disposição dos produtores e do Indea para um bom entendimento.

O presidente do Indea Guilherme Nolasco sinalizou para a realização de cursos de reciclagem para os servidores e destacou a o valor das ações em conjunto com o setor produtivo. E ainda ressaltou a importância da fiscalização e da educação sanitária como atividades importantes para a seguridade nas faixas de fronteiras. “Defesa sanitária se faz com vários entes envolvidos e a participação dos sindicatos rurais e dos produtores rurais colaboram para estreitar os laços com o setor produtivo para evoluirmos juntos e alcançarmos a sanidade dos animais e manter o estado livre de doenças”, disse Nolasco.

 

Fonte: Jornal Oeste

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizam operação Bairro Seguro em Pontes e Lacerda
Governador Pedro Taques recebe lideranças políticas discutir a saúde no estado ; Vereador Maxsuel Guimaraes representa Pontes e Lacerda
FAPAN comemora 10 anos dando desconto de 50% nas mensalidades

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 de January de 2018

Clear all