Saturday, Feb. 17, 2018

Loading...

Vigilância epidemiológica encontra vários pontos para proliferação do mosquito da dengue na creche Rosilei

Escrito por:

|

8 de Fevereiro de 2018

|

Postado em:

Vigilância epidemiológica encontra vários pontos para proliferação do mosquito da dengue na creche Rosilei

Agentes da Vigilância de Saúde, órgão vinculado à Secretária municipal de Saúde de Pontes e Lacerda, realizam constantemente trabalhos de fiscalização nas ruas e avenidas do município, prédios comerciais também passam por fiscalização.

Na manhã desta quinta-feira (08) uma inspeção nas dependências do Escola Rosilei Francisca da Silva, localizada na avenida Bom Jesus, centro da Cidade, foi detectado vários locais que servem para a proliferação do mosquito Aedes aegypti. As aulas estão previstas para iniciar no próximo dia 15, e no local mais de 300 crianças terão acesso a área que fica próximo da escola.

No local que a agente encontrou várias latas de tintas, garrafas, vaso sanitário além de entulhos de construção. A escola será notificada para tomar providências e limpar o local antes do início do ano letivo.

Em conversa por telefone com o secretário de educação ele informou que o problema será resolvido. “Já era para ter demolido a casa, ela não tem serventia para a escola, mas conforme houve um problema no telhado da escola Ovídio de Brito, nossa equipe está empenhada para resolver. Mas no início da semana que vem vamos demolir a casa e limpar o terreno, sendo assim nada vai colocar em risco a vida das crianças”. Afirmou o secretário Alan Oliveira.

Esse tipo de problema já serve de alerta para as demais escolas, ajudar na fiscalização do pátio é muito importante para ajudar o trabalho da secretaria de Saúde no combate ao mosquito da dengue.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Mãe mostra mochila da filha em mídia social de compra e venda para protestar contra falta de vagas em creche de PL
Sefaz disponibiliza Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional
Idosa de 80 anos com hemorragia demora ser atendida na Santa Casa e vira caso de polícia

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

17 de February de 2018

Clear all