A Polícia Judiciária Civil de Pontes e Lacerda desarticulou um local que era utilizado para a comercialização de entorpecentes no bairro Morada da Serra. A ação aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (16.08), e uma mulher foi encaminhada à delegacia suspeita de tráfico de drogas.

A operação aconteceu após os investigadores receberem denúncias de que uma casa era utilizada como “boca de fumo”.

No total, três mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Divisão de Entorpecentes da delegacia de Polícia Civil de Pontes e Lacerda. Em uma desses mandados, na casa onde os policiais haviam recebido as denúncias, foram localizados drogas em pequenas porções prontas para a comercialização. Além disso, também foi localizado uma grande quantidade de dinheiro em notas de pequeno valor em moeda nacional e Boliviana.

De acordo com o delegado Carlos Bock, uma mulher de 48 anos era a proprietária da residência e que ela também confessou ser a dona da droga. Ela comprava na Bolívia e vendia no Brasil.

O que chamou a atenção na residência foi uma grande quantidade de PenDrive, 25 no total. A mulher alegou aos policiais que é apenas um vício dela, a compra desse produto.

O produtos apreendidos é a mulher foram encaminhados para a delegacia.