Na manhã desta sexta-feira (24/03), autoridades se reuniram, no auditório da promotoria, para uma conversa com o Conseg (Conselho de Segurança Publica). Em pauta esteve a disponibilização de um terreno para a construção das novas instalações do Corpo de Bombeiros.Representantes do Judiciário, membros das forças de segurança e políticos de Pontes e Lacerda estiveram presente na reunião.

A conversa foi baseada nas demandas de cada instituição. Mas o principal assunto debatido, foi a doação de um terreno para a 8ª Cia do Corpo de Bombeiros, que atualmente utiliza um espaço cedido pelo estado. Segundo estudos, o melhor ponto e que está disponível atualmente, é um tereno localizado na Rua Goiás, que fica atrás da Câmara Municipal. O local foi escolhido por causa da fluidez do trânsito. ” Já temos o recurso para viabilizar a obra, então precisamos que seja determinado o local para iniciar a execução do projeto” destacou o presidente do Conseg, João Ramires.

O espaço não será utilizado somente pelo Corpo de Bombeiros, mas também pela Politec (Pericia Oficial e Identificação Técnica), que atualmente também não tem sede própria. Este modelo de atuação já é utilizado em outros municípios e deu celeridade nos trabalhos. Uma vez que as instituições trabalhem lado a lado, darão resposta ainda mais rápida para a sociedade.

Késia Melo, diretora de interiorização da Politec, disse que é um sonho da instituição a construção da unidade que atenderá a população de Pontes e Lacerda. ” A ideia dessa de a gente conseguir construir junto com o Corpo de Bombeiros é melhor por conta dessa integração que nós temos buscado e efetivamente conseguido.” 

O encontro foi finalizado com a proposta para três terrenos disponibilizados pelo município. Porém em segunda conversa, ainda nesta sexta feira, ficou definido que o espaço almejado pelo efetivo do Corpo de Bombeiros, será o que foi sugerido na reunião. 

” Aquele terreno era o terreno que pelo estudo de viabilidade de tempo resposta, foi o que melhor se apresentou, as condições dele para a construção era ao melhor, em nível de localização de condições de estrutura aquilo que nós precisamos para atender o município” disso o Comandante Regional do Corpo de Bombeiros, Tenente Coronel Atila.