Aconteceu na tarde de quarta-feira (16/06), o juri popular de Roni Ferreira Leite acusado de assassinar brutalmente Silvana Almeida Rodrigues. O réu teria efetuado 34 golpes de faca contra a mulher.

O crime aconteceu em 27 de julho de 2017, na rua Arapongas, no Jardim Morada da Serra. A vítima foi encontrada morta em uma vala, dentro de um terreno baldio.

À época, Silvana teria prometido ter relações sexuais com o assassino em troca de entorpecentes, mas não cumpriu com o acordo. Roni então teria matado a vítima por que ela duvidou que ele teria coragem de tal feito.

O acusado foi condenado à 12 anos de reclusão pelo crime de homicídio duplamente qualificado.