O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em parceria com o Exército e a Funai deflagrou na manhã desta terça-feira(25/09) a operação Ágata Jauru III. A ação integrada em Nova Lacerda, culminou na apreensão de oito pessoas por exploração ilegal de garimpo em terras indígenas.

Dois garimpos ilegais foram desativados na região do Sararé. Também foram apreendido cinco tratores e uma retroescavadeira, que estavam sendo usados na retirada do ouro.

As terras que estavam sendo exploradas ilegalmente, pertenciam ao índios da etnia Nanbikwara, que possuí cerca de 8 mil hectares. 

De acordo com o Ibama, a febre do ouro que ocorreu em Pontes e Lacerda em 2015, desencadeou em explorações ilegais por toda região.

O Ibama informou que vai aguardar os relatórios do MPF para que as devidas providências sejam tomadas. Por enquanto as pessoas detidas serão multadas em R$ 880 mil e as terras serão embargadas.