As comemorações de aniversário de 265 anos de de Vila Bela da Santíssima Trindade iniciaram ontem (17/03) com a realização de uma sessão solene de homenagem para aqueles que fizeram e fazem história no município.

A sessão foi realizada em conjunto entre a Assembleia Legislativa de Mato Grosso e a Câmara de Vereadores de Vila Bela. O plenário Vereador Sarriol Profeta da Cruz ficou lotado. O evento contou com discurso de membros dos legislativos estadual e municipal, além do prefeito e vice-prefeito de Vila Bela.

A sessão foi presidida pelo deputado Mauro Savi, em substituição ao presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho. Em discurso de abertura da solenidade, Savi destacou a importância histórica e cultural de Vila Bela e relembrou alguns de suas emendas destinadas ao município. O mesmo foi feito pelo primeiro-secretário da sessão, deputado Wancley Carvalho.

Wancley aproveitou também para anunciar que a Assembleia criou uma comissão para acompanhar a situação do Parque Serra de Ricardo Franco. O parlamentar afirmou que a região é responsável por quase 50% da produção no município e precisa de um olhar diferenciado para que seja resolvido o problema da demarcação do Parque e a indenização das famílias.

O assunto de ampliação do prédio da câmara também esteve em pauta. O presidente do legislativo vilabelense, vereador Flávio Ferreira, aproveitou a ocasião para pedir apoio dos parlamentares para que a obra saia do papel e se torne realidade. “Este é o único lugar adequado no município que a população pode usar para reuniões e eventos. Além disso, com a ampliação os vereadores terão seus próprios gabinetes”.

A situação de insegurança na região da comunidade Santa Clara de Monte Cristo também foi lembrada na sessão. O vereador Carlos Alberto de Oliveira destacou os inúmeros roubos e furtos acontecidos recentemente. A comunidade fica há mais de 200 quilômetros da cidade de Vila Bela, bem na fronteira com a Bolívia. O parlamentar também lembrou a dificuldade que as polícias tem para agir na região em virtude da distância e número de efetivo reduzido. Ele solicitou a implantação de uma base de apoio da Polícia Militar na comunidade.

A queda na arrecadação do município foi destacada pelo prefeito Wagner da Silveira. Ele afirmou que com a atual situação do município, a festa de aniversário da cidade não poderia ser realizada sem a ajuda dos deputados, governo do Estado e de empresas privadas. “A arrecadação vem caindo muito e nós temos que economizar em todos os setores para que os serviços à população não sejam afetados.”

O evento contou com a presença do vereador por Pontes e Lacerda Maxsuel Guimarães, vereador de Acorizal e presidente da União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso (UCMAT), Rafael Piovesan, Secretário estadual de turismo, Carlo Nigro, além de familiares e amigos dos homenageados.

Pra fechar a noite, uma orquestra formada de crianças da cidade boliviana de San Mathias.

Veja a lista dos homenageados:

Título de cidadão vilabelense – Leonardo Tumiati; Antônio Coelho Filho; Clayton Moura; Cristiano Alvarenga; Fátima Campos; José Maria Alves; Júlio César Céspedes.

Moção de aplausos – Camilo Aranha; Cécero Ramos; Edvan Lopes; Laércio Pereira; Maria Erenise.

As comemorações de aniversários seguem até o próximo domingo quando acontece a transferência simbólica da capital do estado para Vila Bela. Todos os atos de Governo são realizados do município. A programação começa às 08 horas quando o governador Pedro Taques deve chegar na cidade.