Na tarde desta quarta-feira (16/05), um simulado de evacuação para a comunidade do entorno à jusante da Barragem EPP, localizada na unidade Ernesto da Apoena, mobilizou autoridades, imprensa e equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Miliar e Agência Nacional de Mineração (ANM). Os procedimentos que constam no Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração (PAEBM) foram atendidos em sua totalidade, no menor tempo possível. Esta foi a primeira ação do tipo realizada por uma empresa de mineração no Mato Grosso.

“Um dos objetivos da atividade é atender a um requisito legal. Outra finalidade é buscar a excelência no atendimento de emergência. Vale ressaltar que a probabilidade de isso ocorrer é muito baixa, em função dos rígidos controles e dos cuidados adotados. As barragens da Apoena são muito diferentes daquelas de Mariana e Brumadinho. Localização (à jusante), volume, método construtivo, tipo de material armazenado e ausência de povoados ou instalações da empresa no entorno. Enfim, tudo distinto. Ficamos satisfeitos com o resultado do treinamento prático”, ressalta Jorge Camargo, Gerente-Geral da Apoena.

Entre os participantes da capacitação estavam os integrantes da Câmara Municipal de vereadores de Pontes e Lacerda, o Coronel Edgar Mauricio Monteiro e o Ten Cel Clevison do 12º Comando Regional da PM, a Bombeira Militar Indiara de Oliveira e Silva, Robert Tuneca da Defesa Civil de Pontes e Lacerda, três profissionais da Agência Nacional de Mineração e quatro da Defesa Civil do Mato Grosso, além de seis representantes da imprensa local.