Com as chuvas deste período do ano, quintais baldios com acumulo de lixo tendem a ser invadidos pelos caramujos. Em diversas partes da cidade os moradores têm reclamado da situação. Como o caso de uma moradora do Parque São Cristóvão. 

Nos últimos dias você pode ter notado que os caramujos gigantes estão aparecendo com frequência no seu quintal. O molusco é conhecido como Caramujo Africano e é responsável pela transmissão de diversas doenças, algumas bem graves. 

Uma moradora do Parque São Cristóvão, fez uma denuncia a TV Centro Oeste sobre as péssimas condições de um quintal localizado próximo a Cohab do Miura. O local está abandonado pelos donos há algum tempo, com isso tem sido utilizado como espaço para descarte de lixo e esconderijo para animais peçonhentos, além de um lugar perfeito para a infestação dos caramujos. A mulher disse que não consegue vencer a luta conta os bichos. Dia e noite sofre com a invasão do seu quintal e está bastante preocupada, já que sabe das doenças que podem surgir.

Esta não é a unica denuncia recebida na Tv Centro Oeste, um outro quintal próximo ao Hospital Vale do Guaporé também está causado desconforto aos moradores. Uma senhora, vizinha do local, faz questão de jogar sal nos moluscos para impedir que eles saiam do terreno.

A Secretaria de Saúde de Pontes e Lacerda informou que a contenção dos caramujos deve ser feita manualmente, pois não existe veneno especifico para o combate. Colocar sal e seguida pega-los com um saco plastico e jogar-los no lixo é a melhor indicação. 

Para os quintais baldios é necessário a limpeza imediata, assim será possível elimina-los com mais eficacia, além de se livrar de outros causadores de doenças como ratos, insetos, cobras e mosquitos.