Reeducandos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pontes e Lacerda (450 km ao Oeste de Cuiabá) confeccionaram 50 lençóis, que foram entregues ao Lar dos Idosos da cidade. Os materiais foram adquiridos pela instituição beneficente para que a Oficina de Costura da unidade penal fizesse a confecção.

A entrega dos lençóis ocorreu na tarde de quarta-feira (28.04), pela diretoria do CDP. Segundo o diretor, Marcelo Wagner de Oliveira, o projeto da oficina foi desenvolvido após a conclusão do curso de corte e costura ofertado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) aos reeducandos. “A Prefeitura de Pontes e Lacerda emprestou alguns maquinários no início e, posteriormente, o Conselho da Comunidade abraçou a causa e doou as máquinas novas de costura”.

Desde então, os recuperandos passaram a fazer uniformes para uso interno, máscaras de tecido para uso interno e também que foram doadas à comunidade local, lençóis para atender entidades beneficentes, como Lar dos Idosos, Hospital Regional, Secretaria Municipal de Assistência Social, entre outras.

Três reeducandos trabalham atualmente na Oficina de Costura, mas o local e maquinário comporta até oito pessoas. A intenção, segundo o diretor do CDP, é ampliar a estrutura, após o período crítico da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), para que mais pessoas privadas de liberdade possam participar.

“É um projeto importante, porque além da remição de pena ao reeducando, presta um serviço à sociedade, e também é uma opção de formação profissional para ele. É gratificante para eles fazerem esse trabalho. Nossa intenção é ampliar a sala de costura e, assim, abranger muitos mais projetos de corte e costura”, frisou Marcelo Oliveira.

Além disso, a unidade de Pontes e Lacerda também possui uma horta, cultivada pelos recuperandos. Os itens cultivados são doados para o Lar dos Idosos, Hospital Regional, entre outras instituições locais.

 

SESP|MT