O Prefeito de Comodoro  garantiu na Justiça o seu retorno as funções de Prefeito, a decisão foi proferida nesta sexta-feira (28/06) pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A decisão essa que, de acordo com o advogado de defesa Railton Ferreira de Amorim contempla as Secretárias Municipais de Saúde e Finanças, Ana Maria Ramazotti Beduschi e Adriana Guimarães Rosa. Com isso prefeito e secretarias, devem retomar aos cargos.

O afastamento ocorreu na segunda-feira (24/06), após o Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Comarca de Comodoro, acolher pedido liminar feito pelo Ministério Público do Estado sob suspeita de improbidade administrativa. Os citados teriam favorecido a uma candidata aprovada no Concurso Publico realizado no ano passado, sendo questionado pelo MPMT a forma que ocorreu o processo de convocação da mesma, ao cargo efetivo de assistente administrativo.

Ao Jornal O Diário o advogado de defesa Railton Ferreira de Amorim explicou que a decisão proferida pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso, olhou o enredo probatório da ação civil pública da forma correta, justa e singular, sendo que, na verdade não há dúvidas de que os Agravantes sempre se pautaram em fazer uma gestão de transparência e com ética voltada aos munícipes.

Ainda cumprindo agenda administrativa fora do município, o Prefeito Jeferson por telefone falou com a redação do Jornal, afirmando estar satisfeito pela vitória obtida junto a Justiça. “Confio e respeito a Justiça! Nesses dois anos e meio de mandato muito foi feito por Comodoro, e essa vitória junto ao Judiciário me motiva a querer fazer mais”, pontuou.

Fonte: Jornal O Diário Online