Um balanço divulgado pela 8ª Cia do Corpo de Bombeiros Militar mostra um comparativo das ocorrências e ações realizadas no primeiro semestre de 2021 com o mesmo período de 2020. Os números incluem as demandas recebidas através do 193 que abrangem as modalidades de combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar e busca e salvamento; além das ações de prevenção.

Conforme o balanço, realizado pela equipe operacional, os atendimentos de natureza pré-hospitalar lideraram o ranking, com 774 casos em 2021. Já em 2020 o número de solicitações foi de 701.

Em segundo lugar estão as ações relacionadas a acidentes de trânsito que este ano tiveram aumento significativo comparado ao ano passado, com cerca 02 acidentes por dia durante os seis primeiros meses. Foram 226 registros em 2021 e 185 em 2020. As principais causas de acidentes em Pontes e Lacerda são a imprudência, falta de atenção e embriaguez, segundo dados revelados pelo Corpo de Bombeiros.

Também houveram 09 casos de intervenção e emergência envolvendo produtos perigosos.

Em 2021 o telefone de emergência tocou poucas vezes para chamados como de proteção, busca e salvamento com 19 ocorrências e de combate a incêndio com 51 ocorrências registradas pela 8ª CIBM em Pontes e Lacerda.

A ações voltadas para a comunidade também são importantes e entram no balanço semestral. Ano passado foram 41 atividades comunitárias e em 2021 foram 128 interações com a sociedade. Vale ressaltar que esses números aumentaram devido à pandemia, tendo em vista que grande parte foram de solicitações para desinfecção de estabelecimentos comerciais.