Na crise institucional entre o Executivo Municipal e Legislarivo, onde o Prefeito procura desqualificar os vereadores e busca provocar a dissensão interna entre os parlamentares, o presidente Pedro Vieira comunicou que não fará mais indicações a Alcino Barcellos.

Pedro disse todas as cobranças ao Prefeito serão em forma de requerimento. “É a única forma em que o prefeito é obrigado a responder no prazo máximo de quinze dias. Temos a Lei do nosso lado”.

No pronunciamento em plenário, Pedro disse que ” as indicações Alcino amassa e joga fora .É dessa forma que vamos mostrar qual é de fato o compromisso que o Prefeito tem com a população”.

 

 

o