O edital do concurso público da Polícia Federal foi publicado nesta sexta-feira (15 de junho) no Diário Oficial da União. Ao todo serão oferecidas 500 vagas para cargos de nível superior, com oportunidades para delegado, escrivão, agente e perito criminal.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) é a instituição contratada para a organização e realização do concurso público, conforme Extrato de Dispensa de Licitação publicado no Diário Oficial da União de 8 de junho deste ano. Já a autorização para o certame foi publicada no dia 20 de abril.

As vagas foram divididas da seguinte forma: 150 para o cargo de delegado de polícia federal, 60 para perito criminal federal, 80 para escrivão de polícia federal, 30 para papiloscopista policial federal e 180 para agente de polícia federal.

Em vista da oficialização deste e de outros concursos, a Escola da Magistratura Mato-Grossense (EMAM) inovou e lançou cursos preparatórios para Polícia Judiciária Civil (PJC) e também para Polícia Federal (PF), ministrados por professores altamente qualificados. São três opções que se encaixam na necessidade de concurseiros em diferentes estágios de preparação. Todos eles iniciam as aulas no dia 25 de junho. As inscrições estão abertas.

O “Curso Avançado Para PJC” é voltado para concurseiros que estão estudando há pelo menos um ano, pois é focado na resolução de questões. Tem carga horária de 150 horas/aula (50 dias), de segunda a sexta, das 8h às 11h.

O “Curso Preparatório para Carreira Policia Federal + PJC” é indicado tanto para quem busca carreira na Policia Federal como na Civil. Tem como diferenciais: material exclusivo das jurisprudências mais atuais comentadas Joaquim Leitão Júnior, delegado em Mato Grosso. Serão 322 horas/aula, de segunda a sexta, das 19h15 às 22h15, e aos sábados, das 8h às 12h e das 13h às 17h.