A etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude prossegue por Mato Grosso, definindo as instituições de ensino classificadas para a fase estadual da competição.  Pontes e Lacerda (a 445 km de Cuiabá), será a próxima cidade a sediar o evento, a partir de sexta-feira (28.06), quando começam os confrontos da região esportiva sudoeste.

A abertura do evento ocorrerá no miniestádio Nivaldo Assunção, às 19h, e contará com a presença do prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Barcelos, e do secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Allan Kardec. A competição segue até a próxima quarta-feira (03.07).

Pontes e Lacerda será o penúltimo município a sediar a competição regional neste ano, recebendo cerca de 650 estudantes de 12 a 17 anos de idade, divididos nas categorias A e B. Serão 20 escolas diferentes representando os municípios de Campos de Júlio, Conquista D’Oeste, Figueirópolis D’Oeste, Jauru, Pontes e Lacerda, Rondolândia, Sapezal, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Até agora, a etapa regional foi realizada em outras oito regiões esportivas, contemplando as modalidades coletivas de futsal, voleibol, basquetebol e handebol, nas categorias A e B, masculino e feminino. As escolas campeãs em suas respectivas regiões avançam para a etapa estadual que ocorrerá nos meses de julho, agosto e setembro.

“Agradecemos aos municípios que se dispõem a sediar os Jogos Escolares, pela parceria e pelo comprometimento com o esporte. Já estamos na nona fase regional e, em breve, iniciaremos as competições estaduais que garantirão vagas para a etapa nacional, organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro. Todos nós podemos nos orgulhar dessas conquistas até aqui, pois juntos fomentamos o esporte educacional e oportunizamos a integração sociocultural e o crescimento pessoal dos jovens atletas mato-grossenses”, destaca o secretário da Secel, Allan Kardec.

Para a realização da competição, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) conta com o apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e dos municípios-sedes.

Fonte: Secel – MT