Wagner Alves de 38 anos, conhecido como Vaguinho, teria sido assassinado em um crime planejado para dar fim às ” rotinas de espancamentos e ameaças contras os dois suspeitos” de assassina-lo, afirmou o Coronel da Polícia Militar em entrevista coletiva sobre a prisão envolvidos.

A Agência Regional de Inteligência conseguiu identificar os envolvidos pelas características descritas pelas testemunhas e câmeras de monitoramento, sendo detidos na Rodoviária.

Conforme o levantamento da PM, a vítima tinha mais de oito passagens criminais, entre roubo, lesões corporais e receptação.

Os envolvidos também já possui passagens pela Polícia. A Polícia Civil segue investigando o caso.