O governo anunciou o lançamento do programa Mais MT Cirurgias para tentar reduzir o tempo de espera pelas cirurgias eletivas – não urgentes – em hospitais públicos do estado. Os procedimentos foram suspensos em março de 2020, no início da pandemia da Covid-19.

Conforme dados do Sistema Estadual de Regulação, em março de 2021, havia 1.877 pessoas na fila de espera por cirurgias eletivas no estado. Ainda não há dados atualizados até julho deste ano. Existem mais de 420 tipos de cirurgias eletivas. Entre elas estão as bariátricas, oftalmológicas e ortopédicas.

No dia 6 deste mês, o governador Mauro Mendes (DEM) publicou um novo decreto autorizando a retomada dos procedimentos.

A secretaria adjunta do Complexo Regulador da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) explicou que cada município tem autonomia para planejar e executar o retorno das cirurgias eletivas.

Com o lançamento do programa, segundo o governo, o objetivo é realizar 22,5 mil cirurgias em todo o estado, além de 69,5 mil exames de alta complexidade e 90 mil procedimentos ambulatoriais.

O estado informou que o investimento é de R$ 105 milhões.

G1 MT