O governador Pedro Taques assinou nesta quarta-feira (06.09) a minuta do projeto de lei complementar que versa sobre o aproveitamento do tempo de interinidade aos servidores do corpo técnico da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Dessa forma, os servidores da universidade poderão pedir o aproveitamento do tempo de serviço de quando ocuparam outro cargo na administração estadual direta e indireta.

Com isso, o servidor da área técnica da Unemat poderá pedir o aproveitamento do tempo de serviço até o dia da data de cumprimento do interstício em progressão vertical. Seus efeitos financeiros e funcionais serão válidos a partir da data de cumprimento de interstício da próxima progressão vertical.

A assinatura contou com a participação do deputado Adriano Silva; da reitora da Unemat, Ana Di Renzo e de representantes do sindicato que representa a classe e servidores de unidades da universidade em todo estado. O governador também se comprometeu em estudar dois outros pleitos da Unemat, sendo a institucionalização do campus de Diamantino e Nova Mutum, além da realização de concurso público.

No encontro, o governador Pedro Taques disse que a Unemat tem um papel de protagonismo na atual gestão e que o atendimento ao pleito antigo dos servidores demonstra essa prioridade. O chefe do Executivo disse que o Estado passa por uma grave crise financeira, mas que acredita que o próximo ano será melhor para as contas públicas e Unemat poderá ainda mais beneficiada com ações em infraestrutura.

A reitora Ana Di Renzo destacou que os servidores técnicos da universidade foram umas das únicas categorias não contempladas com a possibilidade de aproveitamento. “Isso é resultado de uma luta de cinco anos. O governador também já conhece os nossos outros pleitos da institucionalização dos campus e também da realização de concurso público”, disse.

O deputado estadual Adriano Silva destacou que vai trabalhar na Assembleia Legislativa para que o projeto seja aprovado o mais rápido possível. Segundo ele, o texto já deve ser apresentado na próxima semana na Casa de Leis. “Quero agradecer a sensibilidade do governador, ele sabe da necessidade da valorização da Unemat e dos profissionais. No Legislativo, a matéria será aprovada rapidamente porque os deputados têm essa sensibilidade”, comentou.

O presidente do Sindicato, Carlos Roberto dos Santos, disse que é uma luta que vem desde 2013, mas não obtiveram êxito no pedido. “É um momento de júbilo, alegria e conquista. Desde 2013 estávamos buscando essa conquista, mas não tínhamos diálogo. Quero agradecer a articulação do deputado Adriano Silva, também a Casa Civil e Seges”, afirmou.

.

.

Fonte: Thiago Andrade | Gcom-MT