Foi assinado no final da tarde de quarta-feira (23), no Palácio Paiaguás, o acordo de repasses mensais para manutenção permanente da rodovia MT-473, em Pontes e Lacerda. Por mês serão destinados à Associação da Estrada do Matão R$ 80 mil reais e 20 mil litros de óleo diesel, para despesas com a patrulha mecanizada, já cedida e entregue à entidade.

A conquista da parceria com o executivo estadual é resultado de articulação política do deputado Wancley Carvalho (PV) e dos membros da associação, que pleiteiam o convênio desde 2015. O secretário adjunto de logística da secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Rogério Ribeiro Arias, destacou a união política e dos produtores, no objetivo de cuidar da rodovia.

“Essa é uma luta que estamos trabalhando desde o início do mandato. Conseguimos organizar a associação para entrar nos moldes da nova legislação e, em parceria, vamos dar manutenção efetiva nos 252 km dessa rodovia, que é a mais importante da região”, frisou Arias.

Wancley também elogiou o espirito empreendedor dos associados, que, segundo ele, deixaram seus negócios pessoais de lado, para cuidarem do coletivo.

“Destaco e parabenizo a iniciativa desses homens e mulheres da associação, agradeço também ao governo do estado pela parceria com o terceiro setor, que tem muito a auxiliar. Estamos, desde 2015, pleiteando esse acordo que, agora, está firmado. A associação tem, agora, recursos necessários para manutenção permanente da rodovia”, destacou Wancley.

O presidente da associação, Fernando Carvalho, saiu satisfeito da reunião e garantiu que, com os recursos, o trabalho de manutenção será realizado de forma contínua.

“O maquinário está conosco, e desenvolvíamos algumas ações mais tímidas, por conta dos poucos recursos. Agora, com essa contrapartida do estado, vamos desempenhar esse trabalho de manutenção de forma contínua, e temos condição de contratar até mão de obra específica, de qualidade”, de qualidade.

Pela MT-473 entre passam mais de 70% da economia de Pontes e Lacerda, que é movida pela grande produção pecuária e forte expansão agrícola. Ao todo, o trecho que receberá manutenção é de 252 quilômetros, que corresponde a MT-473, e entroncamentos com a MT-265, que liga ao município de Porto Esperidião e MT-199, no trecho ao distrito de Vila de Santa Clara, em Vila Bela da Santíssima Trindade.

Participaram da reunião membros da diretoria e da associação, o assessor especial da vice-governadoria, Renancildo França, presidente do Indea, Guilherme Nolasco e prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Barcelos (PRB).

Reunião – Na pauta também foi reivindicado a construção da ponte de concreto sobre o rio Alegre, além de manutenção de pontes na extensão da rodovia. A Sinfra reafirmou que nos próximos dias dará a ordem de serviço para o início da pavimentação dos primeiros sete quilômetros da rodovia.

.

.

Texto: Eduardo Cardoso
Foto: Pedro Henrique