Grupo que representa estatal chinesa se instala em Sinop e prevê investir 10 bilhões de dólares

Michelle Garcia

16 de dezembro de 2019

Grupo que representa estatal chinesa se instala em Sinop e prevê investir 10 bilhões de dólares
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Anúncio NOTICIAS

O vice-presidente do grupo Instiel que representa uma estatal chinesa no Brasil, se reuniu há pouco, com a prefeita Rosana Martinelli e anunciou que Sinop receberá investimentos de até 10 bilhões de dólares com a construção de um centro de tecnologia no agronegócio. Não foram mencionados em quantos anos o montante de investimentos será consolidado.  A empresa alugou área onde o empreendimento será instalado, nas proximidades da avenida Bruno Martini, e o objetivo é que a primeira fase do projeto inicie no próximo mês e a operação dentro de 6 meses.

“Trabalhamos com a parte de estruturação de empresas (produtores) para atender o mercado chinês”. “Fizemos um estudo grande, apresentamos os números (economia) aos chineses e eles autorizaram a vinda de todo o centro tecnológico para o município. Temos várias vertentes de empreendimento e vamos começando as implantações nos locais escolhidos”, destacou o vice-presidente do grupo, Cleverson Santos. “Foi uma luta para desenvolver esse negócio. A prefeita lutou para nos trazer. Essa operação inicialmente iria para o Paraná”, emendou.

Na primeira fase o empreendimento em Sinop a projeção é de gerar cerca de 60 empregos com a estruturação de um escritório e loja. Na segunda (em data a ser confirmada) a previsão é de 300 empregos diretos e mais de 2 mil indiretos.

“Vamos trazer uma estrutura grande, crédito internacional e pensamos em instalar um banco internacional aqui para facilitar para o produtor. Temos a possível instalação de uma indústria de tratores, mas o primeiro foco é o agronegócio”, ressaltou. “Fizemos estudo na região do Mato Grosso e vimos que existe muitos produtores e donos de frigoríficos, por exemplo, que tem muito potencial de crescimento”, salientou. “O produtor certamente irá, no mínimo, dobrar a lucratividade que tem hoje. Queremos reduzir 100% o custo de negociação dos produtores”.

O executivo disse que o grupo pretende, inicialmente, “ensinar o produtor a vender direto para a China (principal comprador de soja e outros produtos de Mato Grosso) sem atravessadores. Não somos atravessadores, mas sim representantes dos chineses”, apontou. “Nosso foco é desenvolver a juventude para o mercado, ensiná-los como trabalhar nesse tipo de negócio, então projetamos trazer também escolas para oferecer cursos técnicos ou fazer parcerias com instituições”.  “Esse empreendimento é uma porta de entrada para novos investimentos, não só em Sinop, mas em toda região Norte. Outras empresas já estão se movimentando para vir conosco e se instalarem no município”, concluiu.

A prefeita Rosana Martinelli que mês passado foi a Santa Catarina viabilizar a instalação do grupo em Sinop declarou que “o investimento vai proporcionar desenvolvimento no município. Nosso objetivo é tornar Sinop a ‘capital da tecnologia do agronegócio”. ” Nossa cidade tem crescido muito em todas as áreas e o desenvolvimento econômico é a mola propulsora dessa região. Crescemos 10% ao ano”. “Precisamos continuar avançando nas mudanças necessárias. Com empresas que vem investir em Sinop, isso promove mais empregos, renda e o pai de família precisa disso e aqui é um excelente lugar para se investir”, salientou.

Rosana ainda adiantou que para auxiliar nos investimentos “em fevereiro será aberta a licitação para construção de um porto seco em Sinop. Será tudo sobre comando da iniciativa privada e impulsionará ainda mais os segmentos envolvidos”.  “Estamos nos adequando para atender todas as demandas, por exemplo, em saúde, educação. Fizemos pedidos ao governo Federal para mais creches e também nova UPA no Ministério da Saúde. A prefeitura está planejando para que consigamos atender toda essa demanda. Acredito que precisamos continuar desenvolvendo Sinop”, completou.

Participaram da reunião com o dirigente do grupo empresarial o vice-prefeito Gilson de Oliveira, os secretários de Governo e Projetos Estratégicos, José Pedro Serafini, Desenvolvimento Econômico, Daniel Brolese, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sinop (Aces) Klayton Gonçalves, vereadores e representantes da classe dos caminhoneiros.

Fonte Só Notícias

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Este site é mantido e atualizado pela empresa Sistema Lacerda de Comunicação Ltda, vinculada à Rede Centro Oeste de Comunicação. Estamos sempre em constante evolução para entregar o melhor aos nossos anunciantes e telespectadores.

Contatos

  • Rua Rio Grande do Sul, 332
    Centro, Pontes e Lacerda - MT

  • (65) 3266-2859

  • contato@tvcentrooeste.com.br

  • Área Restrita

TV Centro Oeste © 2020. Todos os direitos reservados