O acampamento da Guarda Mirim de Pontes e Lacerda aconteceu no Barreiro, cerca de 10 km da cidade, a saída aconteceu na madrugada de sábado(04-11) com o encerramento no domingo(05-11). Era pouco mais das 4 horas, quando eles colocaram o pé na estrada, todo o trajeto foi acompanhado pela Policia Militar e Policia Rodoviária Federal, para dar uma segurança a toda a tropa e a comissão organizadora.

Com a presença de mais de 40 Guardas Mirins o percurso que parecia ser tão longe foi percorrido rapidamente, e o local escolhido era um paraíso regado de muita natureza e agua fresca.

O acampamento deve dois dias de duração e contou com várias atividades de sobrevivência na selva, lembrando a hierarquia militar. Um treinamento onde foi testada a parte física, companheirismo e lealdade ao companheiro de farda.

O investigador Farias ajudou no comando das atividades e mostrou para os alunos a importância que tem um treinamento em uma área isolada, preparando-os para qualquer eventualidade.” Fiquei muito feliz pelo convide da coordenação da Guarda Mirim, e poder compartilhar o que apreende no decorrer da minha vida na Segurança Pública foi muito legal. Deste grupo pode sair futuros policiais que vão defender nossa pátria, parabéns a diretoria da GM que teve essa ideia fenomenal”. Destacou o Investigador

O Soldado José Dias é o comandante da GM, e poder compartilhar essa atividade com os alunos foi muito importante, porque eles podem conhecer o seus limites.” Eles precisam sair do cotidiano, e instrução no acampamento é muito importante, eles fortalecem ainda mais a amizade e criam neles o espirito de solidariedade com o próximo, porque a qualquer minuto seu companheiro de farta pode precisa de ajuda”.  Ressaltou José dias.