Investigadores da Polícia Civil lotados na Delegacia Especial de Fronteira (Defron) de Cáceres agora estão aptos para pilotagem de embarcações públicas. Ariovaldo Marques de Aguilar, Luciano Santos e Aleksandro Marques Aguilar concluíram na semana passada o Curso Especial para Tripulação de Embarcações de Estado no Serviço Público (ETPS).

Instruído pela Marinha do Brasil, através da Agência Fluvial de Cáceres, e coordenado pelo capitão-tenente Bruno Mendes de Arruda, o curso teve carga horária de 40 horas.

Os Militares do 2º batalhão de fronteira do Exército Brasileiro, policiais ambientais e servidores da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) e da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) também participaram da capacitação.

Os investigadores tiveram aulas teóricas de comunicação, meteorologia, estabilidade, motor propulsor, segurança e sobrevivência pessoal, legislação aquaviária e manobra de embarcação. Além da parte teórica, também foram ministradas aulas práticas de navegação.

A delegada regional Cinthia Gomes da Rocha Cupido enfatizou que com a conclusão do curso pelos investigadores, a Polícia Civil agora conta com profissionais mais qualificados.

“A partir de agora a Polícia Judiciária Civil conta com mais profissionais qualificados e aptos a pilotar embarcações Públicas de acordo com as normas e procedimentos sobre o emprego das embarcações em Atividades Policiais, visando à segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana e à prevenção da poluição ambiental no meio aquaviário”, pontuou a delegada.

Fonte/Matheus Mendes- PJC-MT