A empresa Rancho Fundo, com sede em Pontes e Lacerda e aqui gerando emprego e renda, foi a vencedora da licitação para a pavimentação dos sete primeiros quilômetros da BR 473, a Estrada do Matão.

Por ter sido a ganhadora, contra os interesses de alguns políticos inclusive locais, começou a sofrer todo o tipo de pressão. A começar pela V L Moretto – empresa do ex-prefeito de Nova Lacerda – que foi desclassificada e entrou com recurso retardando enormemente a finalização do processo licitatório.

Depois, nos bastidores, começaram os comentários de que a Rancho Fundo não teria condições de realizar a obra, por incapacidade operacional e financeira.

Mas o jogo político rasteiro continuou até chegar no Governo do Estado. A Sinfra, por último, denunciou o contrato o que levou o Governador Pedro Taques a garantir no aniversário de Vila Bela da Ss Trindade o início das obras, com esta ou outra empreiteira, nos próximos trinta dias.

Sem apoio do Executivo Municipal, o deputado Leonardo Albuquerque tem sido a “tábua de salvação” para que as obras possam ser realizadas pela empresa vencedora da Licitação. Ele está “jogando todas as fichas” para que a Rancho Fundo receba a Ordem de Serviço para o início dos trabalhos. O canteiro de obras já está pronto.

A população precisa saber quem está jogando a favor de Pontes e Lacerda.

E quem está leiloando os votos do município como moeda de troca de apoio político.