Na noite desta terça-feira (27/08), um jovem de 18 anos foi preso por direção perigosa e por dirigir sem CNH. O fato aconteceu no perímetro urbano Jardim Aeroporto em Vila Bela da Santíssima Trindade.

A Guarnição da Polícia Militar do graduado de dia recebeu uma denúncia via 190 que na parte central da cidade de Vila Bela estaria transitando uma motocicleta Honda Fan 160 de cor vermelha em atitude suspeita e que poderia ser oriunda de roubo ou furto.

Ao receberem as informações, a Guarnição começou a fazer rondas para ver se localizava o veículo citado na denúncia. Nas proximidades da fábrica de açaí na BR-174 b, foi visualizada uma moto com as mesmas características da moto procurada.

Foi dado ordem de parada para o motociclista que de imediato empreendeu fuga, ao ser realizado a ordem de parada para o mesmo com sinais sonoros e luminosos, ele não obedeceu a sinalização e continuou trafegando em alta velocidade, atravessando placas de pare colocando sua vida e a vida de transeuntes que por ali passavam.

A todo momento os sinais sonoros e luminosos da viatura estavam ligados, mesmo assim o suspeito não obedeceu ás ordens. Os Policiais ao conseguirem fazer uma aproximação do veículo foi dado disparos de munição não letal onde nesse momento, o suspeito perdeu o controle da motocicleta e caiu.

Os Policiais obteve êxito em prender o infrator que foi identificado como L. L. S., de 18 anos. Ele foi encaminhado para a cia da Polícia Militar e no momento em que ele estava desembarcando da viatura, uma camionete Hilux de cor preta e placa FHL-7570, adentrou sem nenhuma permissão no local.

A caminhonete era conduzida por um homem identificado como Tiago, ameaçou a Guarnição e indagou o porquê que haviam atirado em seu genro. Ao ser pedido para que o mesmo se retirasse, ele saiu dizendo que não iria ficar assim, dando a intender que estava ameaçando os Policiais.

Para se resguardar para que não houvesse atentado contra a base da PM por familiares do suspeito, ele também foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil onde foi confeccionado o B. O.,  e as devidas providencias foram tomadas.

Fonte: Polícia Militar