Você já deve ter ouvido dezenas de vezes o comentário de que a “polícia prende e a justiça solta”, seja em Pontes e Lacerda-MT ou em outras partes do Brasil. No mês de Junho um crime bárbaro deixou os moradores do bairro São Cristóvão em pânico, e com medo do suposto assassino.

O jovem suspeito de matar Paulo Arruda, 37 anos, com golpes de faca na terça-feira (26/6), próximo a Cohab do Miura, ganhou liberdade, depois de praticar o crime.

O suspeito, conhecido como Fernandinho, foi detido. Logo após o boletim de ocorrências ser confeccionado pelas autoridades ele foi encaminhado para o presídio de Pontes e Lacerda. Até ai tudo bem, a justiça prevaleceu, o que deixou a família da vítima um pouco conformada. Mas ninguém esperava, que em menos de uma semana o suposto assassino, frio e calculista, seria liberado do Centro de Detenção Provisória de Pontes e Lacerda.

A notícia deixou a família da vítima em choque. O suspeito voltou para o bairro com a maior tranquilidade. Boatos dão conta de que ele fica contando vantagens pelas ruas, deixando os moradores, e principalmente os familiares da vítima, com medo.

A irmã de Paulo Arruda procurou na manhã desta quarta-feira(04) a delegacia para tentar buscar uma resposta. “Não dá para acreditar, uma pessoa tira a vida do meu irmão que era pai de família, e em menos de uma semana ele ganha a liberdade. Será que a justiça não errou? Isso deve ser engano. Queremos justiça e esse assassino tem que voltar para a cadeia. Ele olha para gente na rua com ar de deboche. Por favor justiça não faz eu perder o respeito. Quem pede é uma irmã que não consegue nem dormir com tanta injustiça”, desabafou a irmã que preferiu não ser identificada com medo de represália.

O caso

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram acionados no início da noite de ontem (26/06), para atender uma ocorrência de esfaqueamento, em uma COHAB conhecida como Miura, em Pontes e Lacerda. De acordo com informações, a vítima Paulo arruda, teria sido golpeada três vezes. Porém não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

De acordo com a PM, após colher informações foi possível localizar o suspeito que estava escondido em uma residência na localidade da ocorrência. “Fernandinho” como é conhecido, assumiu a autoria do crime. Ele relatou ter tido uma briga com a vítima e usou uma faca para se vingar.