O deputado estadual Baiano Filho sofreu bloqueio de R$ 1,2 milhão em bens. A decisão foi proferida pelo  juiz Luís Aparecido Bertolussi Júnior, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular. O processo tramita em segredo de justiça.

Baiano Filho é um dos deputados que aparecem nas filmagens feitas pelos delatores premiados do ex-governador Silval, e Silvio César Corrêa Araújo, seu ex-chefe de gabinete. No vídeo, o deputado estadual aparece reclamando por não receber o pagamento de R$ 1,8 milhão, que segundo ele teria sido prometido pelo “presidente”.

A delação do ex-governador firmada junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) por intermédio da Procuradoria-Geral da República, contém 94 depoimentos.

Fonte/MT Via Rádio