Sunday, Mar. 24, 2019

Carregando ...

Lixão visto por vereadores na Escola Rosilei foi denunciado há um mês pela TV Centro Oeste

Escrito por:

|

9 de março de 2018 às

18:51

|

Postado em:

Lixão visto por vereadores na Escola Rosilei foi denunciado há um mês pela TV Centro Oeste

Antes tarde do que nunca!

Pelo menos três vereadores comprovaram um mês depois a denúncia da TV Centro Oeste feita no dia 08 de fevereiro (veja aqui) sobre a situação insalubre vivida por alunos, professores e vizinhos da Creche Rosilei Pereira dos Santos,

localizada na Avenida Bom Jesus, em pleno centro de Pontes e Lacerda.

Naquela oportunidade os agentes da Vigilância Sanitária detectaram vários locais que serviam para a proliferação do mosquito da dengue. Foram encontradas várias latas de tinta, garrafas, vaso sanitário além de entulhos de construção. A Escola foi notificada.

O secretário municipal de Educação disse, naquela data, que “no início da semana que vem vamos demolir a casa e limpar o terreno, sendo assim nada vai colocar em risco a vida das crianças”.

Em pleno século 21, manter seres humanos expostos a contrair doenças oriundas de lixo chega a ser repugnante. Em um ambiente escolar ainda é mais grave.

Enquanto isso, os canteiros de acesso à cidade estão permanentemente limpos, com a presença constante do prefeito que aproveita para brincar de dirigir trator da Prefeitura.

Pura maquiagem!

 

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Morador reclama de falta de ação ao prefeito Alcino, que manda procurar o ex-prefeito Miotto
Prefeito e Secretaria de saúde negam transporte de ambulância a cadeirante que é ex-vereador de PL e quer retornar para casa
Câmara podia ousar e discutir melhor o apoio financeiro à Santa Casa

(3) Readers Comments

  1. joyce
    9 de março de 2018 at 23:31

    O nome da escola foi escrito na reportagem!!!!!

  2. Joyce Pereira Queiroz Oliveira
    9 de março de 2018 at 23:33

    O nome da escola foi escrito errado na reportagem!!!!!

    • TVCO
      10 de março de 2018 at 23:27

      Corrigimos. Obrigado

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*