Após passar por uma reestruturação durante quase dois anos,  a Empresa de Mineração Apoena planeja retomar a plenitude de suas atividades nas minas de exploração de ouro da região e voltar a ter por volta de mil e cinquenta colaboradores no ano que vem.

A empresa tem uma participação fundamental na Economia da região, sendo responsável por 800 empregos diretos e terceirizados nas unidades de São Francisco, Ernesto e Pau-a-Pique, nos municípios de  Vila Bela da Ss Trindade, Porto Esperidião e Pontes e Lacerda. De acordo com o Diretor Jorge Camargo, durante jantar de Comemoração pelo aniversário da imprensa em Pontes e Lacerda,  o que se busca agora é retomar a fase de producao dentro do que foi planejado. Se confirmadas as projeções de crescimento a empresa terá cerca de 1.050 empregos diretos e indiretos, em 2018. As novas oportunidades surgirão para a abertura da mina subterrânea em Ernesto.

Segundo a Assessora de Imprensa, Amanda Oliveira, “as vagas serão divulgadas oportunamente por meio da área e Recrutamento e Seleção da Apoena e também no Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Pontes e Lacerda.

A média salarial dos funcionários da Apoena e de R$ 2.600,00.