Moradores de Pontes e Lacerda bloquearam a última avenida do Bairro Morada da Serra em manifesto a quantidade de poeira. Eles pedem que a Prefeitura encaminhe um caminhão para que seja utilizado para molhar a via e diminuir a poeira.

O bloqueio da avenida aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (17.05). Os moradores reclamaram da situação e pediram uma solução por parte da prefeitura.

Maria Lúcia, moradora da avenida, disse que a maior dificuldade é com as roupas que ela lava e coloca no varal. “Quando eu penso vem esses carros, suja tudo de novo, não tem condições.”

Já a dona Izabel Holander reclamou da velocidade dos motoristas de caminhões da prefeitura que estão trabalhando na região. “Eles passam e encobrem a gente de poeira, muita velocidade. Eles não tem educação não.”

“A poeira sobe por causa da velocidade, e não tem ninguém que pode jogar uma água pra gente e diminuir essa poeira.” disse o morador Ivo Holander que está na região há muito tempo e falou também que a região nunca tinha ficado nesta situação.

O problema da poeira também causa complicações de saúde para crianças e idoso, principalmente. Foi o que relatou a senhora Divina Aparecida dizendo que “as crianças estão gripadas e ficam tossindo por causa desta poeira. […] Eles deviam pelo menos jogar uma água para depois as caçamba passarem.”

A prefeitura de Pontes e Lacerda informou que não há caminhões pipa disponíveis para o serviço e que só terá em um prazo de 60 dias.

Veja a matéria em vídeo: