Duas pessoas envolvidas no acidente que vitimou Márcia Kalink na tarde de sábado (11/09), na rua Terezinha de Jesus, no Jardim Marília, foram presas em situação de flagrante. Os motoristas devem responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Márcia morreu após bater em uma peça de maquina pesada que era carregada em um caminhão. De acordo com informações o equipamento caiu no momento em que a motociclista passava pela via.

O motorista do caminhão e do maquinário foram presos na tarde desta segunda-feira (13/09), mas pagaram uma fiança de R$ 3.000 (Três mil reais), previsto por lei.  A pena para este tipo de crime e de até 3 anos de prisão.

O Delegado de Polícia João Berté, quando teve acesso ao boletim de ocorrência resolveu intimar o proprietário do estabelecimento para prestar depoimento.

A Polícia Judiciária Civil continua a investigar o caso.