Após denúncias,  neste domingo(03) visitantes de presos tentaram ingressar na Cadeia Pública de Comodoro,cerca de 200 km de Pontes e Lacerda, com droga nas partes íntimas para que fosse fornecida a reeducandos do sistema penitenciário.

Os investigadores da Polícia Civil realizaram a abordagem e condução de 3 suspeitas para realização de exame de raio X, sendo uma delas, R. M, companheira do reeeducando identificado com as iniciais M. S.S, foi comprovado  através do exame a existência de corpo estranho pesando 46 gramas de substância análoga à maconha.

Além da autuada, na revista também foi abordada K S L, grávida de 7 meses fato que motivou a recusa do médico de Comodoro a realizar o exame, ocasião em que os policiais deslocaram até a cidade de Pontes e lacerda para demais providências, porém, nada de ilícito fora encontrado com a suspeita.

Fonte/Assessoria PJC