Diferente de outros anos, a Prefeitura de Pontes e Lacerda ainda não iniciou vários projetos vinculados à assistência social. Dois exemplos são o Caps e Feliz Idade.

O Centro de Atendimento Psicossocial já retomou parcialmente algumas atividades. Aquelas que envolvem profissionais que não fazem parte do quadro de concursados da prefeitura e precisa de contratação, ainda não foi iniciada, como é o caso da terapia através da pintura. Apenas estão sendo oferecidos dois tipos de oficinas terapêuticas: caminhada e terapia de relaxamento.

No projeto relacionado aos idosos, o Feliz Idade, a situação ainda é pior, pois não se tem sequer previsão. Pelas informações, só falta ser nomeado um coordenador para o projeto.

Ainda sobre o Feliz Idade, o vereador Ivanildo Amaral defendeu, na última sessão da Câmara de vereadores realizada na segunda-feira (03.04), que seja construído um “espaço destinado específicamente ao idoso. No Centro Social não tem sequer atividades básicas como ludoterapia, ioiô, hidroterapia, quadra pra jogar peteca. O espaço disponível é usado exclusivamente para a dança, e isso é muito pouco.”