O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), Leonardo Campos, o vice-presidente do Tribunal de Defesa das Prerrogativas (TDP), Maurício Magalhães Farias Neto, e o conselheiro estadual Élbio Gonzalez reuniram-se com o secretário de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso, Rogers Jarbas, na tarde desta quarta-feira (23.08) para solicitar reforço nas ações de combate às drogas na comarca de Comodoro, que também abrange os municípios de Rondolândia, Campos de Júlio e Nova Lacerda.

Localizada a cerca de 100 quilômetros da fronteira com a Bolívia, a região vem sofrendo com a crescente disseminação do uso de drogas. De acordo com o presidente da subseção de Comodoro da OAB-MT, Ronie Jacir Thomazi, os municípios estão à mercê do consumo, do tráfico e do transporte de drogas ilícitas.

Diante da situação, o pedido realizado pela OAB-MT ao secretário vai além do reforço no policiamento ostensivo, mas principalmente nas ações de inteligência e investigação para atacar o cerne do problema.

De imediato, Rogers Jarbas adotou as providências e comprometeu-se a realizar uma análise da situação criminal na região a fim de adotar algumas ações.

Leonardo Campos destacou a importância da Segurança Pública na repressão do crime e a preocupação da OAB-MT como representante da sociedade civil organizada na busca de soluções para o problema das drogas.

Prevenção – Além do pedido de reforço nas ações de Segurança Pública, a OAB Comodoro está encabeçando uma campanha de prevenção às drogas voltada para os jovens da região.

Conforme o conselheiro estadual Élbio Gonzalez, juntamente com o Lions Clube e a Maçonaria, deverá ser desenvolvido um programa que visa apresentar aos jovens o conhecimento acerca dos malefícios provocados pelas drogas. A proposta é que o programa Lions Quest seja realizado nas salas de aula, envolvendo as famílias dos adolescentes, como forma de prevenir e tirá-los do mundo das drogas.

Ele ainda explica que o próximo passo será buscar apoio junto ao Poder Judiciário e ao Ministério Público de Mato Grosso para aplicação de recursos do Fundo Nacional Antidrogas (Funad) em ações na região.

.

.

Fonte: FolhaMax