Sunday, Mar. 24, 2019

Carregando ...

Operação Bereré apura desvio de recursos públicos no Detran

Escrito por:

|

19 de fevereiro de 2018 às

09:43

|

Postado em:

Operação Bereré apura desvio de recursos públicos no Detran

A Operação Bereré foi deflagrada nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (19) com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa que atuava junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) realizando desvios de recursos públicos.

Dentre os alvos estão dois parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, um ex-deputado federal, servidores públicos, empresas e particulares.

As investigações tiveram início na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Administração Pública (DEFAZ) – unidade da Polícia Judiciária Civil – sendo que as medidas cautelares foram requeridas pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco Criminal) do Ministério Público Estadual.

As ordens judiciais de busca e apreensão expedidas pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso estão sendo cumpridas em Cuiabá, Sorriso e Brasília (DF) pela Polícia Civil e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar. A operação Bereré reuniu força-tarefa de aproximadamente 200 integrantes, incluindo delegados de polícia e promotores de Justiça.

Fonte/Assessoria de Comunicação Social PJC

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Associação Comercial e Sindicato Rural se reúnem para preparar divulgação de Pontes e Lacerda em Lucas do Rio Verde
Associação Comercial vai ingressar com mandado de segurança coletivo contra cobrança da TACIN
Motociclista na contramão e suspeito de estar embriagado bate em caminhão na Av. Marechal Rondon

(1) Reader Comment

  1. Reinaldo Izidio Da Silva
    19 de fevereiro de 2018 at 11:11

    obrigado Vieira , e que a operação Bereré junto as demais obtenham exito .

Deixe um comentário sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*