A operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, teve consequências sentidas em Pontes e Lacerda. A ação da PF que foi divulgada na última sexta-feira (17/03) investiga 40 empresas do setor alimentício que estariam envolvidas em um esquema de corrupção que liberava a comercialização de alimentos produzidos por frigoríficos, sem a devida fiscalização sanitária.

O único frigorífico da região está sem abater animais, pois o mercado da carne continua instável desde o anúncio da operação e os valores caíram bastante.

O frigorífico está sem comprar animais e abate apenas os que já estavam adquiridos.

Há indícios de que em algumas plantas frigoríficas eram incluídos produtos não autorizados ou em quantidade superior à permitida pela legislação nas carnes processadas. Essas denúncias estão restritas a algumas plantas de frigoríficos localizadas em Goiás e no Paraná.