A vacinação contra febre aftosa será suspensa em Mato Grosso em maio de 2021. Esse prazo também foi fixado para Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Os 5 estados compõem o bloco 5, conforme organização geográfica para zonificação, estabelecida no Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (Pnefa).

O Plano vigora até 2026 e foi aprovado nesta segunda-feira pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os Estados que compõem os blocos 4 e 5 estão entre os últimos do país a suspender a imunização do rebanho bovino e bubalino contra a febre aftosa, ou seja, em maio de 2021.

Em 2021 será feita a última vacinação no Brasil e em Mato Grosso, resume o diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa e delegado do Brasil na Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), Guilherme Marques.

Fonte: MT Via Rádio