A Polícia Civil de Pontes e Lacerda prendeu nesta quarta-feira (07/08) quatros suspeitos envolvidos no homicídio e na tentativa de vingança da morte de Rodrigo Silva no recinto da Expoeste no início da semana. Um deles é o suspeito de ter praticado o crime os outros de atear fogo e furtar uma bolsa na casa do homicida, na tentativa de vingança.

Segundo informações preliminares, a briga iniciou depois de o primo do criminoso receber uma provocação após dançar com uma jovem durante a festa. Logo em seguida, Rodrigo o golpeou e acabou sendo esfaqueado pelo criminoso.

O autor das facadas foi identificado e autuado em flagrante por crime de homicídio consumado contra Rodrigo Silva, e de um homicídio tentado contra outra vítima, que foi esfaqueada mas sobreviveu.

Em decorrência deste homicídio, alguns amigos de Rodrigo atearam fogo em uma residência no Residencial Glória, registrado na tarde de terça-feira(06/08). Além de provocarem o incêndio, furtaram uma caixa de som e uma bolsa com diversos objetos pessoais.

De acordo com o delegado Dr. Carlos Bock (foto), em entrevista coletiva, os três envolvidos no incêndio foram localizados e encaminhados para a Delegacia, onde foram autuados em flagrante pelo crime de incêndio e de furto.

O caso ainda segue em investigação pela Polícia Judiciaria Civil.