Após investigações a Polícia Judiciária conseguiu identificar um casal suspeito de ter danificado torres de transmissão de energia. O crime foi registrado em um vídeo que está circulando nas redes sociais desde o início desta semana. Nas imagens um homem mostra os danos causados em uma das torres caso o governo não autorize a exploração de minério na Serra do Caldeirão pelos garimpeiros. Segundo a polícia o vídeo foi gravado por um casal que é morador do estado de Rondônia, mas estava em Pontes e Lacerda.Os suspeitos já não se encontram mais em Pontes e Lacerda. O delegado, Gilson Silveira, disse que irá fazer o pedido à justiça pela prisão preventiva do casal. Mais informações, amanhã no Jornal Centro Oeste, ao meio dia.

Veja as condições de uso: http://www.tvcentrooeste.com/quem-somos/