A Polícia Judiciária Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (17/06), uma operação para investigar um crime ambiental ocorrido em uma propriedade rural. Na ação ninguém foi preso.

A chácara fica na estrada que dá acesso a Serra do Patrimônio. De acordo com a PJC, mesmo de longe é possível perceber que a área está bastante degradada após ser utilizada para retirada de aterro, que posteriormente foi comercializado. O proprietário chegou a ser notificado mas não estava no local no momento da ação.

Materiais documentais que comprovam a extração e venda do aterro, bem como maquinários utilizados no crime ambiental foram apreendidos.