No início da tarde desta sexta-feira (18/05), a PJC apresentou 04 suspeitos envolvidos na morte de um andarilho, identificado como Roberto. O crime aconteceu na última quarta-feira (16/05), em um barraco localizado às margens da Br 174, próximo ao Centro de Detenção provisória em Pontes e Lacerda.

De acordo com informações a vítima teria sido morta com vários golpes de foice na cabeça e pauladas pelo corpo. Para tanto, os suspeitos utilizaram uma corda para amarrá-la e em seguida iriam enterrá-la. Porém, o dono da propriedade resolveu ligar para a policia e dizer que teria encontrado o corpo no local. Após investigações, foi descoberto que tratava-se de um dos autores do crime. 

Momentos depois, uma mulher que andava às margens da rodovia foi detida pelos policiais, a principio ela foi considerada como testemunha do fato. Posteriormente, com técnicas de entrevista, a PJC descobriu que I.R.S, era o pivô do crime. De acordo com informações, a vítima teria tentado ficar com a mulher e então S.S, marido da suspeita, resolveu assassiná-lo. 

Outros dois homens foram apontados pela mulher como participantes do crime. Eles contaram que passaram o dia todo ingerindo bebida alcoólica no barraco e acabaram ajudando S.S. a matar Roberto. Logo em seguida, fugiram e foram detidos em Adrianópolis. 

Todos os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Policia Civil e devem responder pelo crime de homicídio doloso.