A Policia Militar de Conquista D’Oeste conseguiu prender o primeiro participante de um assalto, ocorrido na noite de quinta-feira (05/04), que havia foragido para o mato. Com informações obtidas através de entrevista policial, outros dois suspeitos foram presos em uma casa em Pontes e Lacerda.

De acordo com o informado, o primeiro detido teria conseguido fugir em um Fox de cor preta, que dava apoio durante o assalto. Em uma estrada vicinal que dá acesso a uma aldeia indígena próximo a Conquista D’Oeste, o pneu do veículo estourou e ele teve que pedir carona a um ônibus escolar, porém, populares informaram a polícia que conseguiu fazer o cerco e prender o suspeito.

Com isso, um trabalho de investigação foi iniciado. Os policiais militares de Pontes e Lacerda utilizaram técnicas de entrevista e puderam identificar mais um participante, este era quem conduzia o caminhão durante o assalto. Como não conseguiu, abandonou o veículo e fugiu Ele já estava em casa quando foi autuado pelos policiais. 

Uma mulher, suspeita de dar apoio ao crime, também foi detida.

Os dois homens, de acordo com informações da polícia, são membros do comando vermelho. Um deles, o que foi detido em Pontes e Lacerda, participou de um assalto na cidade de Nova Lacerda há 7 anos. Na época, houve troca de tiros com a polícia e somente ele sobreviveu. O ato praticado pela quadrilha ficou conhecido como Novo Cangaço.

Um terceiro envolvido no assalto ainda continua foragido, porém, foi encontrado em sua casa, cerca de 10 mil dólares, que podem ser falsos.

Os suspeitos presos vão responder por vários crimes, incluindo tentativa de homicídio pois trocaram tiros com a polícia e bateram com o caminhão em uma viatura. Também responderão por formação de quadrilha, roubo e outros.