A Polícia Militar realizou a prisão de um suspeito de furto e de outras 5 pessoas responsáveis pelo tráfico de drogas. As prisões aconteceram em Comodoro na madrugada desta quinta-feira (30/05), por volta das 00h30min.

A Guarnição de Polícia Militar foi acionada por R. de M. de P., para comparecer na rua Amazonas n°309, local onde havia ocorrido furto um dia anterior. Ao chegar no endereço, a Guarnição avistou rastros de botina que seguiam um caminho até a casa vizinha. Consequentemente foi realizado uma averiguação e a bota com o mesmo solado e numeração, foi encontrada.

De acordo com informações, E. R. dos S., confessou que havia furtado a residência para a sustentação do vício, já que alega ser usuário de droga. Os objetos que foram furtados são: 01 bicicleta de cor laranja e marca Colli e modelo GPS; 01 ventilador da Britânia de cor preta; 01 notebook da Philco de cor vermelha e preto com carregador; 01 extensão de cor branca e 01 celular de cor preta de marca BLU. De todos esses materiais, somente o notebook não foi recuperado.

Após ser informado de seus direitos constitucionais, inclusive de ficar em silêncio, E. R. dos S.,  recebeu voz de prisão pela prática de crime de furto.

O notebook foi vendido para o suspeito L. C. de M. L., diligenciamos até sua residência, onde o mesmo recebeu voz de prisão pela prática de crime de receptação de produto de furto, e também pela prática de crime de depredação do patrimônio alheio, já que ele havia quebrado o notebook da vítima.

No desenrolar do caso, a Guarnição também efetuou a prisão de W. L. P. de 28 anos, K. F. E., 27 anos, B. L. F., 46 anos, e T. S. J., 22 anos, suspeitos de comércio entorpecentes.

Na residência de W. e K., buscas revelaram 02 invólucros de substância entorpecente, aparentando ser maconha, R$ 325,35 em dinheiro, 01 rolo de papel filme – usado para embalar drogas, e anotações referente a venda de drogas e indícios que ligariam o suspeito a integrantes de uma organização criminosa. Já na garagem da residência, foi localizado 18 invólucros de substância entorpecente aparentando ser maconha pronta para o comércio.

Na residência do casal B. e T., foi apreendido 02 porções de substância entorpecente aparentado ser maconha e 16 pinos de substância entorpecente aparentando ser cocaína, enterrados próximo à área da casa. Também uma quantia em dinheiro de R$166,00 e juntamente um cartão do banco no nome da suspeita T. S. J., que segundo a mesma, tem um montante aproximado de R$20.000,00, oriundo do comércio de entorpecentes.

Diante dos fatos o casal  recebeu voz de prisão pela prática de crime de tráfico de entorpecentes.

Ao final da ação a Polícia Militar apreendeu um total de : 20 invólucros de substância entorpecente aparentando ser maconha; 02 porções de substância entorpecente aparentando ser maconha; 16 pinos de substância entorpecente aparentando ser cocaína; R$ 491,00 reais; 05 aparelhos de celulares; 01 rolo de papel filme; 01 Notebook; 01 Bicicleta; 01 motocicleta.; 01 carro VW Gol.