Uma área de aproximadamente 150 hectares, na região da Fazenda Boi Gordo, cerca de 200km da cidade de Nova Lacerda, ocupada por mais de 500 famílias, corre o risco de desapropriação. Iniciou ontem (23/09), uma manifestação feita pelos produtores rurais, em um ponte que liga a fazenda a BR 174, cerca de 110km da cidade.

A fazenda fica na região de Comodoro, quase na divisa de Mato Grosso como estado de Rondônia. No local, mais de 500 famílias vivem há mais de 7 anos, sobrevivendo do plantio e cultivo da terra. Desde o ano passado os produtores lutam pela legalização do espaço e correm o risco de sofrer uma desapropriação.

Em um oficio confeccionado pela 2ª Cia Independente da Policia Militar, constam que a partir do próximo dia 27 haverá uma operação de reintegração de posse no local, tendo inclusive a utilização de maquinário e serviço braçal, para destruir tudo o que foi construído. Isso preocupa os moradores, já que há alguns dias eles vem sofrendo com a ameaças de “guachebas”. 

Na manhã de ontem as Associações Novo Comodoro e Alto Guaporé, iniciaram um protesto contra a ação e reivindicam o direito de comprar as terras. Segundo uma das associadas, há pedido de compra que foi negado pela justiça. 

Os documentos estão todos nas mãos de uma assessoria jurídica que cuida dos tramites da negociação. Nesta segunda -feira (25/09), haverá uma reunião na capital do estado, Cuiabá, para expor a realidade da situação de compra e vendo dos lotes.

A manifestação deve seguir até a próxima quarta-feira (27/09), quando acontecerá a operação de reintegração de posse.