O governo do Estado divulgou o resultado da concorrência pública para a pavimentação da Estrada do Matão no último dia sete de junho.

Para Pontes e Lacerda nada podia ser melhor.

A empresa vencedora foi a Rancho Fundo Terraplanagem e Pavimentação Ltda. É de Pontes e Lacerda e vai gerar mais emprego e renda para o município. O valor da obra está estipulado em R$ 5.300 mil. E é a mesma empresa que também venceu a concorrência para realizar os serviços de pavimentação dos setecentos metros que dão início à estrada. A Rancho Fundo já fez a terraplanagem deste trecho e aguarda o pagamento devido pela Prefeitura.

Oito empresas participaram do processo, ficando três desclassificadas, entre elas a V L Moretto & Cia Ltda, do ex-prefeito de Nova Lacerda, por não ter apresentado documentos exigidos no edital.

A maioria dos membros da Associação dos Usuários da Estrada do Matão, principalmente o presidente, está exultante com o cumprimento de mais esta importante etapa do processo.

Nesta sexta-feira, no entanto, Alcino Barcellos protagonizou um intenso debate no grupo de comunicação dos membros da Associação. Embora não participamos do grupo de WhatsApp daquela Entidade , vários comentários foram distribuídos a outros grupos onde desnuda a intenção do prefeito que não conseguiu esconder o desapontamento pela desclassificação da empresa do mentor de sua campanha eleitoral.

Sem primeiro se inteirar das razões que impediram a VL Moretto de concorrer, Alcino disparou: ” muito estranho!!! Várias empresas foram habilitadas, a VLM Moretto foi o menor valor, porque ele foi desclassificado? Queremos resposta! Vou protocolar pra ver todo o processo! Me preocupa muito isso! “

Essa clara predileção pela empresa do seu padrinho político, a quem já declarou que vai apoiar para candidato  a deputado estadual, gerou vários comentários inclusive do deputado Wancley que alfinetou: “parabéns quem ganhou, estranho é a torcida para determinada empresa, pois mostra direcionamento em licitação e isso é crime”.

Sentindo-se acuado, Alcino tentou desconversar pedindo para que o deputado “dê nome aos bois …. o senhor é deputado e eu sou prefeito”. Wancley então disparou: ” Você prefeito citou o nome de uma empresa…. Me estranha essa torcida…”

Clara preferência

Alcino Barcellos tomou partido em favor do seu padrinho político Walmir Moretto, de forma clara e cristalina. Como prefeito deveria ter o cuidado de analisar antes todo o resultado do processo. Uma simples pergunta coloca em xeque a imparcialidade que deve nortear o administrador público. Se a perdedora fosse a Rancho Fundo, empresa de Pontes e Lacerda, Alcino teria tomado a mesma atitude? Com que intenção ele tomou partido de uma empresa quando ela mesmo deveria tomar a iniciativa de se defender? Walmir Moretto não sabe defender os direitos da empresa que ele é dono? O que o prefeito quis dizer, na verdade, com a frase ” Me preocupa muito isso?”

Clima de velório 

O que era para ser só alegria se transformou. ” A licitação é realizado é entramos num luto sem tamanho”, concluiu um participante da conversa.

De positivo no teor da conversa divulgada ficou a sensação de que são poucos  os que querem se servir de uma obra pública para outros fins, que não sejam o atendimento às demandas sociais. A grande maioria está torcendo para que a obra seja realizada por quem ganhou a concorrência e que a pavimentação comece logo.

Se a VL Moretto decidir recorrer – que é de direito – as obras devem demorar ainda mais a começar.