Ao terminar a sessão extraordinária da última segunda-feira, que criou a CPI para investigar a aquisição de plantas ornamentais – as 240 palmeiras – o vereador Juninho Cabeleireiro, já na condição de relator da Comissão Processante,  concedeu entrevista coletiva e antecipou o que todos previam.

Disse que é da “base do prefeito”  e que, “pelo que sei não vejo nenhuma irregularidade nessas compras de palmeiras”.

O relator garantiu que vai fazer a investigação , mas acredita que foi “um desgaste por pouca coisa para nosso município e nosso prefeito junto com o secretariado tem feito um belo trabalho…”