Pela primeira vez na história de Pontes e Lacerda, a Câmara Municipal possui uma Comissão de Ética e duas Processantes em plena atividade.

A primeira está analisando a conduta da vereadora Dra. Terezinha que, através da empresa em que é sócia-proprietária, celebrou contrato com a Prefeitura infringindo a Lei Orgânica Municipal.

As outras duas Comissões estão investigando, uma  a atuação do Prefeito e do Vice-Prefeito no caso da Dra. Terezinha – onde a Prefeitura é a contratante. A outra está analisando o caso da Vita Home Care – empresa de propriedade de um médico do ESF e que fez contrato com a Prefeitura (assinado por Alcino Barcellos) para acompanhar pacientes em ambulâncias.

Nessas duas Comissões Processantes o vereador Cleber Sella é o relator. E, ao que tudo indica, o parlamentar está empenhado em buscar informações onde for possível, para fundamentar os relatório que são de responsabilidade dele.

Nesta segunda-feira, segundo alguns servidores, Sella passou à tarde reunido com os procuradores da Prefeitura e também com o advogado particular contratado para fazer a defesa do Prefeito.

Tem gente achando que o vereador perdeu a imparcialidade.